Outubro/2018 | Síntese

Oi, gente!

Outubro, o tão temido mês, chegou ao fim. E, apesar dessas eleições que tiraram todo mundo da órbita, até que boas leituras renderam por aqui. Antes de mostrar tudo que eu li no mês de outubro, vou falar um pouco das leituras que estão em andamento por aqui. Se liguem:

Leia mais »

Anúncios

Calibã e a Bruxa – Silvia Federici |Resenha

Calibã e a Bruxa - Capa

A resenha de hoje vai ser das boas. O livro da vez é “Calibã e a Bruxa”, da italiana Silvia Federici. A autora é formada em Filosofia pela Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos. Além de sua formação acadêmica, Federici ainda é ativista, professora e escritora.

O livro é baseado em uma análise marxista da situação político-econômica-social do período que contempla a Idade Média até o final da Idade Moderna, falando um pouco ainda da contemporaneidade nas últimas páginas do livro.Leia mais »

Setembro/2018 | Síntese

Oi, gente. Tudo bem?

Mais um mês se passando, portanto mais uma síntese. Nesse mês de setembro eu li bastante coisa, se comparado aos meses anteriores. E foram ótimas leituras. Acho que não teve nenhuma leitura que eu não tenha gostado. Além disso, as leituras a serem realizadas no mês serão poucas, apenas as que já estão em andamento, que vou listar abaixo, e o Um defeito de cor, que pretendo retomar esse mês. Vamos ver se tudo dá certo. Agora, aos livros:

Leia mais »

Presos no Paraíso – Carlos Marcelo | Resenha

Presos no paraíso - Capa

Esse livro foi concedido pelo autor, Carlos Marcelo, para ser lido e resenhado para o blog. Desde já, meus agradecimentos.


Presos no paraíso foi lançado em 2017, pela Editora Planeta de Livros, no seu selo “Tusquets Editores”, e foi escrito por Carlos Marcelo, jornalista brasileiro, tendo com este livro, o seu primeiro romance lançado. Do autor, também já foi publicada uma biografia de Renato Russo, também pela Planeta – entre outros livros de cunho jornalístico –  e conta agora com uma nova reedição, com novo projeto gráfico e ampliada. O autor também me cedeu essa biografia, e pretendo lê-la em breve.

Leia mais »

O cavaleiro inexistente – Italo Calvino | Resenha

O cavaleiro inexistente (capa)

Italo Calvino nasceu em Cuba, em 1923, mas foi para a Itália logo após o nascimento. Faleceu em 1985. É considerado um dos maiores escritores do século XX. Participou da resistência ao fascismo italiano durante a Segunda Guerra Mundial e foi membro do Partido Comunista em 1956. Todas essas informações sobre o autor já me faz ter um carinho para com ele, e um dos meus livros preferidos dele (que, veja bem, eu nunca terminei de ler), é o Cidades Invisíveis. Um livro lindíssimo e que me ajudou muito numa fase complicada da minha vida. E no início desse ano, eu tive uma outra experiência com o autor, com uma temática diferente também, ao ler O Cavaleiro Inexistente.Leia mais »